Quem sou eu

Minha foto
HOJE ALGUMAS FRASES ME DEFINEM: "Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento." Clarice Lispector "Os contos de fadas são assim. Uma manhã, a gente acorda. E diz: "Era só um conto de fadas"... Mas no fundo, não estamos sorrindo. Sabemos muito bem que os contos de fadas são a única verdade da vida." Antoine de Saint-Exupéry. Contando Histórias e restaurando Almas."Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." Fernando Pessoa

Colaboradores

quarta-feira, 9 de março de 2011

A Arte de Contar Histórias

Deniseu Tiseu - Contadora de Histórias

Deniseu Tiseu respondeu algumas perguntas sobre o concurso de contadores de história promivido pela Biblioteca Pública Infanto Juvenil de Belo Horizonte. A entrevista foi publicada inicialmente no site Aletria.com.br, veículo de divulação do Instituto Cultural Aletria, que atua nas áreas editorial e formação de contadores de história.
Aletria: Qual a importância deste concurso para a arte de ler e contar histórias de BH?
Denise Tiseu: A oportunidade de divulgar e o reconhecimento do nosso trabalho. Batalhamos tanto por um espaço, uma oportunidade de levar a palavra, a magia seja ela lida ou contada para as pessoas. A maioria, senão quase todos nós realiza trabalhos voluntários com todas as idades, classes sociais, junto a mendigos, creches, asilos, hospitais .O nosso pagamento é o olhar, o sorriso ou a emoção daquelas pessoas. Com o concurso divulgamos vários autores, novos estilos de narrativa e cada um dos leitores ou contadores com o seu estilo próprio e sua paixão pela literatura sejam contos literários ou da oralidade.
Aletria: Como se deu a escolha da história que você selecionou para ler?
Denise Tiseu: Sou uma pesquisadora voraz. Li e reli dezenas de livros para escolher a leitura para a classificação até me decidir. Quando saiu o resultado e soube que teria dois dias para apresentar o título do livro a ser lido para a final ,reli em tempo recorde vários contos, mas uma história sempre me chamava e atraía: o livro “Contos de Adivinhação"de Ricardo Azevedo com a história " O rei que não sabia ser feliz" da ed. Ática.
Era um desafio e eu adoro desafios: um conto longo, literário, com adivinhação e ainda pensei
- “Nossa! O juri vai ser composto também por crianças, será que vou seduzi-las?” - resolvi correr o risco.
Aletria: O que significou para você participar deste concurso conquistando uma das três principais colocações?
Denise Tiseu: Um prazer: adoro ler para as pessoas!
Uma surpresa estar entre as três primeiras porque os concorrentes eram muito fortes.
Textos e leituras ótimas. Fora o carinho do meu marido, as amigas e os comentários carinhosos ao pé do ouvido, seguido de abraços. Sinceramente? Sei que posso parecer pretensiosa, mas em nenhum momento eu me preocupei com o prêmio em dinheiro.
Claro que com a classificação com certeza, porque é a verdadeira premiação e o reconhecimento de tantos cursos, leituras e dedicação na arte de levar a palavra.
Aletria: Para você o que representa ler ou narrar uma história?
Denise Tiseu: Ah! Ler e narrar para mim é um prazer com muito amor. Adoro ler para as pessoas, saio lendo ou contando histórias pela casa para Cenir (minha secretária do lar) e ela ouve atentamente, ri, fica pensativa e logo dá a sua opinião:
- “Essa história é boa. Essa eu não gostei não.
”O meu marido Josué é o meu melhor ouvinte. Sempre me ajuda a escolher e memorizar as histórias depois de lidas ou contadas. Sou muito grata a ele, sempre paciente e o meu maior estimulador para ir em frente e nunca desistir.
Gostaria também de agradecer a Rosana, Beatriz e Sandra Bittencourt pelos ensinamentos e pelo constante estímulo.
Faço uso de taxi e freqüentemente leio para os taxistas ou conto histórias. Depois, pacientemente ouço as histórias de suas vidas ou da sua infância: quem sabe um dia tomo coragem e escrevo os relatos tão ricos e repletos de emoção?
Mais informações sobre o concurso de leitores e contadores de histórias:
Dias 6 e 7 de novembro 2010 ficarão marcados na memória de oito artistas: Maria Lúcia Miranda, Maria das Graças Ferreira, Denise Tiseu, Zenaide Correa, Solange Rodrigues, Adriana França, Rosilda Figueiredo e Solange de Oliveira Costa. Foram elas as ganhadoras do concurso "A Arte de ler e contar histórias" nas duas categorias: leitores e contadores de histórias.
No sábado, participaram os seguintes finalistas com as seguintes obras, na categoria leitores de histórias:
Ana Regina Smith: Da utilidade dos animais
Maria de Lourdes Viana (Tia Ude): Quem casa quer casa
Maria das Graças Caixeta (Graças Caixeta): Romeu e Julieta
José Racilan Filho: Severino faz chover e outras histórias
Zenaide Correa da Silva: Guilherme Augusto Araújo Fernandes
Maria das Graças Ferreira: Emengarda, a barata
Denise Vergínia Rodrigues Tiseu (Denise Tiseu): O rei que não sabia ser feliz
Lêda Machado Ambrósio: A pequena vendedora de fósforos
Maria Lúcia dos Santos Miranda: Quem vai ajudar o lobo mau?
Fernanda Carolina Ramardis Chaves: Rapunzel no alto da torre
Ao final das apresentações, uma votação popular decidiu que Maria das Graças Ferreira seria a vencedora. Já o resultado do júri foi o seguinte:
1° LUGAR: Maria Lúcia dos Santos Miranda
2° LUGAR: Zenaide Correa da Silva
3° LUGAR: Denise Tiseu.
No domingo, na categoria contadores de histórias, participaram:
Loyane Cristina Cafeeiro Monteiro: Marambaia
Érika Fernanda Corrêa: O Macaco e o cachorro do mato
José Luiz dos Reis Jr. : O Retrato de Dorian Gray
Dalton José Pinto: Não!
Solange Rodrigues de Brito: De Morte!
Silvana Palmeira de Souza: O Menino Nito
Maria das Graças Santana – A volta do pássaro encantado
Solange de Oliveira Costa – Até as Princesas soltam pum
Adriana França Corrêa – Dona Baratinha
Rosilda Figueiredo Magalhães – A Bruxa Berta
Ao final, Solange de Oliveira Costa foi escolhida pelo júri popular e o júri especializado decidiu pelo seguinte resultado:
1° LUGAR: Solange Rodrigues de Brito
2° LUGAR: Adriana França Corrêa
3° LUGAR: Rosilda Figueiredo Magalhães


http://www.jornalvireapagina.com.br/index/categoria.php?idcategoria=23

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...