Quem sou eu

Minha foto
HOJE ALGUMAS FRASES ME DEFINEM: "Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento." Clarice Lispector "Os contos de fadas são assim. Uma manhã, a gente acorda. E diz: "Era só um conto de fadas"... Mas no fundo, não estamos sorrindo. Sabemos muito bem que os contos de fadas são a única verdade da vida." Antoine de Saint-Exupéry. Contando Histórias e restaurando Almas."Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." Fernando Pessoa

Colaboradores

sexta-feira, 23 de março de 2012

A gratidão do Leopardo


Imagem do Google


Eianga dia Ngenga tomou a sua espingarda dizendo: vou caçar! Entrou para o bosque e foi caçar. Não encontrou caça, e disse: vou voltar.
Voltava para casa quando encontrou o senhor Leopardo que estava engalhado numa forquilha de árvore. Vendo Nianga, o Leopardo exclamou: Pai Nianga ajude-me!
— ‘Quem te pôs nesta árvore? Êle respondeu: engalhei-me, quero falar-te.
Nianga libertou-o e o Leopardo ficou no solo, dizendo: O Elefante colocou-me na forquilha da árvore. Quem salva a vida, salva tudo. Há dois dias que estou na árvore. Dê-me comida.
Nianga respondeu: Onde irei encontrar comida ? O Leopardo declarou: em qualquer parte… Nianga tomou seu cão e o entregou ao senhor Leopardo. O senhor leopardo comeu-o e disse: Não estou satisfeito! Nianga tomou ainda outro cão e o deu ao senhor Leopardo. Este, devorou p. disse: Ainda não é bastante!
Nianga dia Ngenga tomou sua cartucheira e lha deu. O senhor Leopardo, quando acabou de comer, disse: Ainda não é o suficiente...
O Coelho chegou e encontrando a conversa, disse: por que discutem? Niaaiga respondeu: O senhor Leopardo foi encontrado por mim numa forquilha de árvore. Disse-me que o salvasse. De pois ‘pediu que comer. Dei-lhe ambos os meus cães e minha cartucheira. Êle ainda disse que não era. o bastante. Discutíamos sobre esse assunto.
O Coelho opinou: Senhor Leopardo, volte ainda uma vez à forquilha da árvore. Preciso verificar…
O senhor Leopardo voltou à árvore e ficou como> dantes estava. O Coelho afastou-se e chamou Nian-g-a, dizendo-lhe: Foste imprudente. O Senhor Leopardo é um animal feroz, querendo devorar a todos. Quando pensaste em libertá-lo, êle planejou comer a ti. Matai-o!
Nianga atirou no senhor Leopardo.
O fim… com Deus.
Fonte: Camara Cascudo:Os melhores contos Populares de Portugal.conto Africano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...