Quem sou eu

Minha foto
HOJE ALGUMAS FRASES ME DEFINEM: "Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento." Clarice Lispector "Os contos de fadas são assim. Uma manhã, a gente acorda. E diz: "Era só um conto de fadas"... Mas no fundo, não estamos sorrindo. Sabemos muito bem que os contos de fadas são a única verdade da vida." Antoine de Saint-Exupéry. Contando Histórias e restaurando Almas."Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." Fernando Pessoa

Colaboradores

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Sinais de Deus

-
Ao nascer de mais um dia,tudo é lindo e maravilhoso.O caminho que se prossegue,a verdade que se faz presente e a vida que expressa são os dons da plenitude Divina”
Conta-se que um velho árabe analfabeto orava com tanto fervor e com tanto carinho, cada noite, que certa vez, o rico chefe de grande caravana chamou-o a sua presença e lhe perguntou:
- Por que oras com tanta fé?
Como sabes que Deus existe,
Quando nem ao menos sabes ler?
O fiel de Deus respondeu:
- Grande senhor,
conheço a existência de Nosso Pai Celeste pelos sinais dele.
- Como assim?
- indagou o chefe, admirado.
O servo humilde explicou-se:
- Quando o senhor recebe uma carta de pessoa ausente, como reconhece quem A escreveu?
- Pela letra.
- Quando o senhor recebe uma jóia,
como é que se informa quanto ao autor dela?
- Pela marca do ourives.
O empregado sorriu e acrescentou:
Quando ouve passos de animais, ao redor da tenda,
como sabe, depois, se foi um carneiro, um cavalo um boi?
- Pelos rastros
- respondeu o chefe, surpreendido.
Então, o velho crente convidou-o para fora da barraca e, mostrando-lhe o
céu, onde a Lua brilhava, cercada por multidões de estrelas, exclamou, respeitoso:
- Senhor, aqueles sinais, lá em cima, não podem ser dos homens!
Nesse momento, o orgulhoso caravaneiro, de olhos lacrimosos,
ajoelhou-se na areia e começou a orar também.
Deus, mesmo sendo invisível aos nossos olhos;
deixa-nos sinais em todos os lugares:
Na manhã que nasce calma, no dia que transcorre
com o calor do sol ou com a chuva que molha a relva...
Ele deixa sinais quando alguém se lembra de você,
quando alguém te considera importante...
Email enviado pela poeta Márcia Araujo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...