Quem sou eu

Minha foto
HOJE ALGUMAS FRASES ME DEFINEM: "Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento." Clarice Lispector "Os contos de fadas são assim. Uma manhã, a gente acorda. E diz: "Era só um conto de fadas"... Mas no fundo, não estamos sorrindo. Sabemos muito bem que os contos de fadas são a única verdade da vida." Antoine de Saint-Exupéry. Contando Histórias e restaurando Almas."Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." Fernando Pessoa

Colaboradores

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

As três Maçãzinhas de Ouro



Imagem do Google


Havia três irmãos; o mais novo tinha três ma çãzinhas de ouro, e os outros para vêr se lhas tiravam mataram-no e enterraram-no num monte Depois nasceu na sepultura uma cana. Certo dia passou por lá um pastor, que cortou um pedaço da cana para fazer uma frauta. O pastor começou a tocar, mas a gaita em vez de tocar, dizia:
Toca, toca, oh pastor,
Os meus irmãos me mataram,
Por três maçãzinhas de ouro,
E ao cabo não as levaram.
O pastor quando ouviu isto, chamou um carvoeiro, e deu-lhe a frauta. O carvoeiro começou também a tocar, mas a frauta dizia:
Toca, toca, oh carvoeiro,
Os meus irmãos me mataram…
Assim foi a frauta andando, de indivíduo para indivíduo, até que chegou às mãos do pai e mãe do morto. A frauta dizia ainda:
Toca, toca, oh meu pai…
Toca, toca, oh minha mãe,
Os meus irmãos me mataram
Por três maçãzinhas de ouro
E ao cabo não as levaram.
Chamaram o pastor, que disse onde tinha cortado a cana. Foram lá e encontraram o cadáver com as três maçãzinhas de ouro.
Conto tradicional de Portugal. Fonte:Os Melhores Contos Populares de Portugal, coletânea com org. e notas de Câmara Cascudo. Dois Mundos Editora (1944). Registrado por José Leite de Vasconcelos em Rebordaínhos, Bragança.

http://www.aletria.com.br

3 comentários:

  1. Existe algum site com essa história?
    A minha mãe sabe essa história, mas é muito mais comprida... E são 3 irmãs...

    ResponderExcluir
  2. E a canção da flauta era:
    Toca, toca, ó pastor,
    Que as minhas irmãs me mataram,
    Por três maçãzinhas d'ouro
    E afinal não m'as tiraram.

    ResponderExcluir
  3. http://www.contandohistoria.com/tresmacazinhas.htm
    Encontrei a história comprida :)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...