Quem sou eu

Minha foto
HOJE ALGUMAS FRASES ME DEFINEM: "Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento." Clarice Lispector "Os contos de fadas são assim. Uma manhã, a gente acorda. E diz: "Era só um conto de fadas"... Mas no fundo, não estamos sorrindo. Sabemos muito bem que os contos de fadas são a única verdade da vida." Antoine de Saint-Exupéry. Contando Histórias e restaurando Almas."Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." Fernando Pessoa

Colaboradores

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Lancelot






Imagem do Google

http://contosencantar.blogspot.com/


Lancelot era o mais valente cavaleiro da Távola Redonda e despertou muitas paixões. O rei Pelles tinha uma filha muito bela, Elaine de Corbenic, que se apaixonou pelo cavaleiro. Mas ao contrário de outras mulheres da corte, Elaine não se deteve perante o amor de Lancelot pela rainha Guinevere. Com a ajuda da sua aia Brisen, recorreu às artes mágicas para seduzir o seu amado.
Brisen era uma feiticeira que previu que, da união de Lancelot e Elaine, nasceria Galahad, o cavaleiro puro. E assim conduziu Lancelot aos aposentos de Elaine, fazendo-o crer que estava com Guinevere. Infelizmente, foram surpreendidos por uma enfurecida Guinevere que, num acesso de raiva e ciúme, os bane da corte. Apercebendo-se então do engano e desesperado com as palavras da rainha, Lancelot, ensandecido,foge pela janela, buscando protecção na floresta.
Durante dois anos, permaneceu nos bosques, vivendo com os animais e alimentando-se de frutos silvestres. Os cavaleiros da Távola Redonda procuraram-no em vão. Até que um dia, Elaine encontra-o adormecido junto a um poço. Imediatamente alertou o seu pai - o guardião do Graal. E foi graças ao Santo Cálice que Lancelot recuperou a sanidade.

2 comentários:

  1. Olá Contadora
    Venho retribuir a sua visita à Ilha Afortunada. Se não se importar, gostaria tb de usar como fonte de dados o seu cantinho (com o devido link, claro). Uma coisa me deixou triste: este texto sobre Lancelot e que encontrou no "contos de encantar", é um texto redigido por mim e pilhado pela autora desse blog (imagem incluída!). Pode verificar aqui:
    http://ailhaafortunada.blogspot.com/2011/01/lancelot-no-exilio.html

    ResponderExcluir
  2. Olá Quimera, fico feliz com a sua visita.
    Gosto de citar a fonte de onde capto as Histórias. Para evitar constrangimento. Um abraço - Helenice.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...