Quem sou eu

Minha foto
HOJE ALGUMAS FRASES ME DEFINEM: "Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento." Clarice Lispector "Os contos de fadas são assim. Uma manhã, a gente acorda. E diz: "Era só um conto de fadas"... Mas no fundo, não estamos sorrindo. Sabemos muito bem que os contos de fadas são a única verdade da vida." Antoine de Saint-Exupéry. Contando Histórias e restaurando Almas."Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." Fernando Pessoa

Colaboradores

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

As Quatro Estações


Imagens retiradas de um email
Um homem tinha quatro filhos.
Ele queria que seus filhos aprendessem
a não ter pressa quando fizessem seus julgamentos.Por isso,
convidou cada um deles para fazer uma viagem e observar uma pereira plantada num local distante.O primeiro filho chegou lá no inverno,

--
o segundo na primavera,

-----

o terceiro, no verão
e o quarto, o caçula, no outono.
----

Quando eles retornaram,
o pai os reuniu e pediu que contassem o que tinham visto. O primeiro chegou lá no inverno.
Disse que a árvore era feia e acrescentou:
“- Além de feia, ela é seca e retorcida!” O segundo chegou lá na primavera. Disse que aquilo não era verdade.
Contou que encontrou uma árvore cheia de botões,
e carregada de promessas. O terceiro chegou no verão.
Disse que ela estava coberta de flores,
que tinham um cheiro tão doce e eram tão bonitas,
que ele arriscaria dizer
que eram a coisa mais graciosa que ele jamais tinha visto.
O último filho chegou no outono.
Ele disse que a árvore estava carregada
e arqueada cheia de frutas,
vida e promessas...
O pai então explicou a seus filhos
que todos eles estavam certos,
porque eles haviam visto apenas
uma estação da vida da árvore... Ele disse que não se pode julgar uma árvore,
ou uma pessoa,
por apenas uma estação. A essência do que se é,
(como o prazer, a alegria e o amor que vem da vida)
só pode ser constatada no final de tudo,
exatamente como no momento
em que todas as estações do ano se completam! Se alguém desistir
no INVERNO, perderá as promessas
da PRIMAVERA, a beleza do VERÃO e
a expectativa
do OUTONO. Não permita
que a dor de uma estação
destrua a alegria
de todas as outras. Não julgue a vida
apenas por uma estação difícil.
Persevere
através dos caminhos difíceis melhores tempos
certamente virão,
de uma hora
para a outra!!!


Este email foi reenviado por minha doce Petti, Contadora de Histórias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...