Quem sou eu

Minha foto
HOJE ALGUMAS FRASES ME DEFINEM: "Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento." Clarice Lispector "Os contos de fadas são assim. Uma manhã, a gente acorda. E diz: "Era só um conto de fadas"... Mas no fundo, não estamos sorrindo. Sabemos muito bem que os contos de fadas são a única verdade da vida." Antoine de Saint-Exupéry. Contando Histórias e restaurando Almas."Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." Fernando Pessoa

Colaboradores

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

O Menino Que Consertou o Mundo

Circula na internet, sem identificação de autor, a seguinte história.
Um cientista vivia preocupado com os problemas do mundo e estava resolvido a encontrar meios de minorá-los. Passava dias em seu laboratório em busca de respostas para suas dúvidas. Certo dia, seu filho de sete anos invadiu seu santuário resolvido a ajudá-lo a trabalhar.
Vendo que seria impossível demove-lo, o pai procurou algo que pudesse atrair sua atenção. Até que se deparou com o mapa do mundo. Com o auxilio de uma tesoura, cortou em vários pedaços e, junto com um rolo de fita adesiva entregou ao filho:
- Vou lhe dar o mundo para consertar. Veja se consegue. Faça tudo sozinho.
Pensou que, assim estava se livrando do garoto, pois ele não conhecia a geografia do planeta e certamente levaria dias para montar um quebra-cabeça. Uma hora depois, porém, ouviu a voz do filho:
- Pai, pai consegui terminar todinho!
Para a surpresa do pai o mapa estava completo. Todos os pedaços haviam sido colados nos devidos lugares. Como seria possível? Como o menino havia sido capaz?
Você não sabia como era o mundo, como conseguiu meu filho?
Pai eu não sabia como era o mundo, mas quando você tirou o papel da revista
para recortar, eu vi que do outro lado havia a figura de um homem. Quando você me deu o mundo para consertar, eu não consegui. Foi aí que eu me lembrei do homem, virei os recortes e comecei a consertar o homem que eu sabia como era. Quando consegui consertar o homem, virei à folha e descobri que havia consertado o mundo.


* * *
Mensagem enviada pela poetisa Márcia de araújo.
* * *

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...